Acesso à informação

Serviços  

   

Artigos e Publicações  

   

Artigos

UnB acompanha o Projeto Dom Helder Câmara

Detalhes

Jamerson OliveiraJamerson Oliveira

 

Coordenadores e agentes de pesquisa do Projeto Dom Helder Câmara (PDHC) foram capacitados, nesta terça-feira (17), em Recife, no 1º Seminário Regional do Projeto Monitora Universidade de Brasília  (UnB) e Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead). O evento aconteceu na Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário (DFDA) em Pernambuco.

Os professores do Projeto Monitora da UnB, Luiz Guilherme e Mário Ávila, deram um treinamento para a equipe de agentes de pesquisa que fará o monitoramento das ações do PDHC nos municípios do Estado de Pernambuco. O mesmo formato será reproduzido nos outros dez Estados da área de atuação do projeto. 

Nesta segunda-feira (17), o coordenador-geral do PDHC, Rodrigo Almeida, fez a apresentação do projeto. Em seguida a Cooperfrente, de Cuiabá (MS), promoveu minicurso sobre a Importância do cooperativismo.

O professor Mário Ávila definiu o trabalho como nivelamento metodológico para que a coleta de informação seja feita com toda precisão e seriedade. Ainda este mês a equipe de agentes de pesquisa irá atuar em 110 municípios previamente definidos de acordo com os critérios do projeto.

“Esse trabalho é importante porque essa pesquisa pode dar suporte para melhorar políticas públicas, fazer o monitoramento contínuo do Projeto Dom Helder, verificar se essas políticas estarão chegando aos agricultores familiares, observar as políticas que melhor se adequem ao perfil das famílias. Além do mais a pesquisa pode ser reproduzida e reconhecida no mundo inteiro”, afirmou o professor Ávila.

 

 

Dom Helder Câmara 

O projeto teve início em 2001, em decorrência de acordo de empréstimo 494 – BR, firmado entre a República Federativa do Brasil e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), executado pelo Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), atual Sead. Em sua primeira fase o Projeto atuou em oito territórios da cidadania, sendo eles: Sertão do Apodi, no Estado do Rio Grande do Norte; Inhamuns/Crateús e Sertão Central no Estado do Ceará; Cariri Ocidental no Estado da Paraíba; Sertão do Pajeú e Sertão do Araripe, no Estado de Pernambuco; Serra da Capivara, no Estado do Piauí; e Alto Sertão Sergipano, no Estado de Sergipe, beneficiando diretamente 15.021 famílias. Hoje atende a 11 Estados e 60 mil famílias.

 

Moema Luna

Delegacia Federal de Desenvolvimento Agrário em Pernambuco (DFDA-PE)

Contatos: (61) 2020-0120 e O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

   

Galeria de Imagens  

   
   
© Projeto Dom Helder Camara